Sobre sonhos, expectativas e realidades

quinta-feira, fevereiro 05, 2015




Eu tenho teorias esquisitas sobre a felicidade. Na verdade, eu crio teorias sobre a minha felicidade imaginando como tal situação seria em determinado ponto da minha vida.
 

Numa realidade não tão distante me imagino vivenciando uma Paris com um cabelo curto e um emprego/estágio em algum lugar de lá. Nesse sonho eu também só ando de bicicleta e uso 400 tipos diferentes de boina. Numa realidade muito distante me imagino indo no supermercado feliz e ficando lá meia hora escolhendo frutas sem preocupação nenhuma.Tenho uma hipótese de que o dia que não achar mais um saco ir no mercado vou estar bem de vida, e isso inclui vida emocional, carreira e tudo mais.

Há alguns anos atrás eu imagina que quando eu tivesse 21 anos eu estaria bem sucedida com a vida bem encaminhada pra aquele futuro que eu sempre almejei. Hoje olho pra minha lista de desejos de 2010 e vejo que muitos coisas continuam as mesmas. Engraçada essa vida. Esse viés meio utópico que a gente escolhe sonhar. 

Chega final do ano e eu começo a pensar muito nesses metas/listas que eu não cumpri. E me pergunto porque das coisas não terem acontecido como minha listinha tinha planejado. Chega o segundo mês do ano e você começa a entrar em pânico com o que vai acontecer, ou que você já deveria ter feito.
E nesse meio desses freak pensamentos  eu tento criar uma linha cronológica na minha cabeça que se baseia em: o que não aconteceu, o que vai acontecer, e o que eu quero que aconteça.

Será que minhas escolhas andam meio incertas, ou será que tá na hora de mudar essas escolhas, apontar pra um caminho diferente?

(Se você entrou aqui achando que esse seria um texto que fosse iluminar sua própria vida, sorry amigue. Esse é só mais um texto cheio de dúvidas, questionamentos sobre ser, ver e viver. Mas se você também vive esses questionamentos, vemk e compartilha teus anseios junto comigo, de preferência ali nos comentários  ♥)


Aproveita e me segue nas redes sociais tûdo:

See ya people
 Lais Reschke




You Might Also Like

0 comentários

Os amigues que são lindes comentam :)

Follow by Email

Subscribe