Desabafo, sonhos, e reflexões de uma madrugada alheia

domingo, maio 20, 2012



Sonhos não realizados, e as ultimas gotas de esperança vão embora. E nesse momento eu quero desistir de tudo, correr para debaixo das minhas cobertas e ficar ali, pra sempre. 
Coisa que eu já fiz, já me isolei da vida e deixei ela passar a minha volta, deixei o mundo girar como se nada realmente tivesse importância, e inclusive, eu. Nunca fui do tipo egocêntrica, tenho medo de me expor, sou completamente insegura. Mas eu já fui diferente, já tive mais coragem pra ser eu mesma, de mostrar quem eu sou.
Já passei por bastante coisas na minha vida que me deixaram um passado cheio de feridas e buracos, mas que me fizeram ser quem eu sou hoje. Me fizeram ver coisas que não via, amadurecer. Aprendo coisas todos os dias, ás vezes, vejo como sou abençoada por tudo que tenho, ás vezes me sinto um lixo ao léu sem a menor importância. Sabe quantas vezes eu já tive vontade de excluir esse blog, desistir de tudo, da minha carreira, admitir que não tenho talento, que não sirvo pra nada? Muitas, muitas vezes.  


Ninguém nunca nesses dois anos de blog falou algo ofensivo, ou disse que meu blog era ruim, mas poucas pessoas comentam, incentivam, entende. Algumas me dizem pessoalmente...  Se você não gosta, ok. Mas se você gosta, se você acompanha o blog, POR FAVOR comente, participe, vocês não sabem o quanto esse blog significa pra mim, o quanto eu tenho me esforçado por ele.  Não é um grande blog, mas é o meu blog.  Ele é feito com a minha alma, meu coração e suor dos meus dedos, pensamentos dos meus neurônios. 
Sou uma pessoa ambiciosa, tenho tantos sonhos que eles não cabem dentro de mim. E eu não vou desistir. Pode dar tudo errado, e já deu uma vez. Mas eu os mudo,  acho um novo caminho, não desisto fácil, posso até chorar, espernear e achar que tudo é uma bosta, mas depois isso passa. Meus sonhos podem até não dar certo, mas ai eu acho outros sonhos. O segredo é nunca deixar de sonhar. Nunca.  
Aqui não é um blog de gente rica, não é um blog banalizado, é sobre as minhas opiniões sobre minhas vontades, meu humor, coisas que me rodeiam e fazem minha vida mudar todo santo dia, esse blog é só apenas uma forma de expressão. Não existe look do dia,  nem posts mostrando minhas intimidades e coisas do gênero, mas fala muito mais sobre mim mas não de forma literal. 
O que eu quero com esse post? Não sei, comecei ele numa total angustia, com a intuição de desabafar um pouquinho, talvez eu não queira nada, talvez eu queira tudo. Depende da sua forma de ver. Quero o simples e o complicado.
   
Já contei pra vocês que meu sonho é ser editora de uma grande revista, do tipo Vogue? Que eu canto, bem por sinal, e que um dos meus outros grandes sonhos é fazer um musical do tipo Broadway? Tenho sonhos mais simples do tipo ter um apartamento bem decorado, e sustentar minha mãe, fazer ela feliz. Não importa se são sonhos impossíveis ou possíveis, se são ideias fúteis ou qualquer coisa. Acho que faz muito bem quando você diz algo sem pretensão alguma, medo, ou pensando no julgamento de alguém. Espero que vocês compreendam esse post de uma forma leve. Na forma de um desabafo, meu pra vocês, os senhores anônimos mais queridos do meu coração.


Me digam algum sonho de vocês, ficaria feliz em ouvi-los. 


No mais sincero post já feito aqui, Laís.


(não é para fazer sentido, é apenas para ser.)

You Might Also Like

7 comentários

  1. tu é autêntica, linda, querida, divertida, sabe escrever (e escrever engraçado, o que eu mais gosto) e com certeza vai se dar muito bem nesse mundão de gente doida. uma das poucas coisas boas desse ano, pra mim, foi ter te conhecido!

    ResponderExcluir
  2. Que linda Laís. É assim que se luta por um sonho, acreditando nele, como você acredita no blog.

    Beijo de uma fiel leitora.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom começar um novo dia com essa leitura. :-)

    ResponderExcluir
  4. Ah que felicidade entrar no blog e ter comentários lindos assim. Muito obrigada mesmo, vocês não tem noção de quanto isso é importante pra mim, sério

    ResponderExcluir
  5. De algum lugar tu tem que começar, certo? Mesmo que demore, um dia tu chega lá, só tem que continuar acreditando.
    Eu acredito em ti, e tu?

    Boa sorte.

    ResponderExcluir
  6. Nuncaaaa Desista menina, Tu vai muito muito longe!

    ResponderExcluir
  7. Lindo, sincero. E quando fala em mãe, me derreto toda. Uma filha que ama e pensa na sua mãe com um amor assim tão lindo, tem tudo para vencer. Deus te abençoe sempre. Bj

    ResponderExcluir

Os amigues que são lindes comentam :)

Follow by Email

Subscribe